Novela Escrita | Redescobrir - Capítulo 01


CENA 1 - EXT. / CIDADE DE CURITIBA/PR - JARDIM BOTÂNICO - DIA.

Ao som de "How Would You Feel (Pean) - Ed Sheeran" vimos cenas intercaladas de ISABELA, RENAN, HELENA e JULIANA em um passeio no jardim botânico. Em algumas cenas podemos ver o sentimento de amor e carinho que ISABELA e RENAN sentem um pelo outro.  Corta para:


CENA 2 - EXT. / FACHADA DA CASA DE HELENA - DIA.

HELENA entra e deixa os três amigos se despedindo. JULIANA vai embora, deixando RENAN e ISABELA sozinhos.

ISABELA: Se eu fosse você ficava para almoçar com a gente.

RENAN: Minha mãe disse que daqui a pouco vai arrumar minhas coisas para eu me mudar de vez. (ele ri)

ISABELA: Não seria uma má ideia né? 

Os dois entram em casa e HELENA ri ao ver RENAN.

ISABELA: O que foi mãe?

HELENA: Eu estava mesmo achando estranho ele ir pra casa.

RENAN: Você e minha mãe são muito parecidas.

HELENA: Talvez por isso a gente seja amigas há tanto tempo.

RENAN: Eu só preciso ligar para ela e avisar. Posso usar seu celular?

HELENA: Claro. Eu coloquei lá no quarto, pode ir pegar.

RENAN vai e ISABELA e HELENA ficam sozinhas.

HELENA: Eu vi você convidando ele para ficar. 

ISABELA: E qual é o problema, mãe?

HELENA: Esse rapaz sempre está do seu lado, desde quando vocês usavam fraldas. É nítido que isso é mais que amizade.

ISABELA: Nós já conversamos sobre isso, né? 

HELENA: Se vocês sentem algo a mais um pelo outro, não sei porque o medo de estragar tudo. 

ISABELA: Eu não quero falar sobre esse assunto mãe. 

HELENA abraça a filha e lhe dá um beijo na testa.

HELENA: Quando eu tinha sua idade, também complicava tudo.

RENAN volta e as duas mudam de assunto rápido. Corta para:


CENA 3 - INT. / CIDADE DE LAGUNA/SC - APARTAMENTO DE THIAGO/QUARTO - DIA.

THIAGO deitado na cama, sendo coberto apenas por um lençol. SORAIA sai do banheiro.

THIAGO: Você precisa mesmo ir?

SORAIA: Eu sai muito cedo, não posso arriscar. Otávio pode estranhar minha demora.

THIAGO: Eu não entendo como um homem pode ser tão idiota.

SORAIA: É só você olhar para mim que vai entender o motivo de ele se fazer de cego na maioria das vezes.

SORAIA vai até THIAGO e lhe dá um beijo provocante.

SORAIA: Não morra de saudades, baby.

SORAIA pega sua bolsa e vai embora. Corta para:


CENA 4 - INT. / CASA DOS MARINHO/SALA DE ESTAR - DIA.

SORAIA chega em casa e joga sua bolsa no sofá. Ela estranha não ouvir nem um barulho e vai até a cozinha. VALENTINA está preparando o almoço distraída e se assusta com a patroa.

VALENTINA: Que susto, dona Soraia. Não tinha visto a senhora chegar.

SORAIA: Cadê as pessoas dessa casa?

VALENTINA: O Rodrigo acabou de chegar da praia e o seu Otávio saiu logo depois da senhora. 

SORAIA: Onde ele foi?

VALENTINA: Isso eu não sei.

SORAIA: Quando o meu marido for sair e eu não estiver em casa, pergunte. Eu não te pago para ser incompetente. 

VALENTINA: Desculpe. Irei começar a fazer isso a partir de hoje.

SORAIA: E ande logo com esse almoço pois estou morrendo de fome.

SORAIA sai da cozinha e VALENTINA respira fundo de raiva. Corta para:


CENA 5 - INT. / CASA DE HELENA - QUARTO DE ISABELA - DIA.

ISABELA e RENAN deitados na cama conversando. 

RENAN: O que você e sua mãe estavam conversando antes de eu chegar?

ISABELA: Nada de importante.

RENAN: Tem certeza?

ISABELA: Porque a pergunta? 

RENAN: Porque eu acabei ouvindo a conversa.

RENAN acaricia o rosto de ISABELA que quase cede, mas afasta a mão do amigo.

ISABELA: A gente já conversou sobre isso, Renan.

RENAN: A gente se ama, sempre nos amamos. Qual é o problema em viver isso? Porque você não me deixa te fazer feliz?

ISABELA: Você já me faz feliz. Nós somos melhores amigos desde sempre e não vai ser agora que vamos estragar isso com esse lance. E se não der certo? Eu prefiro ter sua amizade, do que simplesmente ter que te afastar da minha vida.

HELENA abre a porta e os dois ficam em silêncio. 

HELENA: O almoço está quase pronto, mas antes, vou dar uma saída rápida.

ISABELA: Onde você vai? 

HELENA: Estou com vontade de tomar um vinho, mas não tem nenhum em casa. Vou ir comprar rapidinho e já volto.

ISABELA: Você quer que a gente vá?

HELENA: Eu vou de carro rapidinho, fiquem tranquilos. E juízo.

HELENA sai e fecha a porta do quarto. Corta para:


CENA 6 - INT. / CASSINO CLANDESTINO - DIA.

Em uma mesa de jogos, OTÁVIO e NORBERTO jogam. OTÁVIO apostando todo o seu dinheiro e ganhando a rodada.

OTÁVIO: Eu falei que estava com sorte hoje. 

Ele pega o seu dinheiro e se levanta.

NORBERTO: Já vai desistir? Se você está com tanta sorte, porque ir embora agora?

OTÁVIO: Hoje eu não posso demorar, mas amanhã eu volto. 

NORBERTO: Conversinha fiada. Admite que está com medo de perder. Você sabe, né? Isso aí não é nem metade do que você deve aqui na casa.

OTÁVIO: Mas pelo menos é um começo, não é mesmo? 

OTÁVIO se vira para ir embora e NORBERTO ri.

NORBERTO: Ei, só toma cuidado. Você não está lidando com amadores e o tempo está ficando curto.

OTÁVIO vira para NORBERTO e o encara.

OTÁVIO: Isso é uma ameaça?

NORBERTO: Entenda como quiser. Tic, tac... tic, tac...

OTÁVIO deixa NORBERTO falando sozinho e sai. Corta para:


CENA 7 - INT. / CASA DOS MARINHO/QUARTO DE RODRIGO - DIA.

RODRIGO deitado na cama com seu fone no ouvido conversando com JONAS por mensagens no celular sobre uma festa na casa de SABRINA. SORAIA entra no quarto sem bater.

RODRIGO: Você não sabe bater na porta?

SORAIA: Vamos almoçar juntos hoje.

RODRIGO: Não estou com fome.

SORAIA senta nos pés da cama e acaricia a perna do filho.

RODRIGO: O que você quer?

SORAIA: Eu quero almoçar junto com o meu filho.

RODRIGO: Desde quando você se importa com essas coisas?

SORAIA: E quando você vai para de ser um péssimo filho?

RODRIGO: Posso ficar sozinho? Aproveita e feche a porta quando sair.

SORAIA (grita): Em dez minutos o almoço estará servido, se você não estiver na mesa comigo, voltarei aqui e tirarei tudo o que é de importante para você. Começando por esse celular, o computador e a porta. 

RODRIGO: Ficou louca?

SORAIA: É só fazendo papel de louca que você me escuta, então sim, eu fiquei louca. 

SORAIA sai do quarto e bate a porta com força. Corta para:


CENA 8 - EXT. / AVENIDA - DIA.

Ao som de "De Mais Ninguém - Jullie part. Ju Martins", aparece o trânsito parado e aos poucos mostrando o motivo do engarrafamento. Revela-se o carro de HELENA capotado e as pessoas ao redor comentando que a mulher desviou de um cachorro. No carro, seu rosto ensaguentado e ela desacordada. A ambulância chega. Corta para:


CENA 9 - INT. / CASA DE HELENA/QUARTO DE ISABELA - DIA.

A música continua. Em uma cena que tem apenas a música de fundo, ISABELA atende o celular e seus olhos enchem de lágrimas ao receber a notícia sobre o acidente da mãe. Foca no rosto de ISABELA. Corta para:

FIM DO CAPÍTULO 1 




Curtiram o capítulo? Deixe sua opinião nos comentários, ou em uma mensagem privada, temos também twitter, facebook... um escritor não é nada sem os leitores. Sua opinião é importante!

11 comentários:

  1. Klismann Barreiros2 de abril de 2017 17:44

    Ótimo capitulo, tem tudo pra ser um sucesso. Parabéns! 😍👌👏

    ResponderExcluir
  2. Ta maravilhoso!!! Ansioso para o próximo capitulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sexta-feira tá quase ai! hahaha
      Obrigado <3

      Excluir
  3. Que belo roteiro! Nem imaginava que era tudo bem detalhado assim, gostei bastante! :D Abração Jurandir, que tenha muito sucesso em sua primeira web novela do site!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Espero que goste do desenrolar da trama...

      Excluir
  4. Gostei. Uma história bem escrita e muito bem encaminhada. Os personagens são bem apresentados. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que felicidade saber que você continua lendo minhas histórias! Espero que goste do desenrolar... <3 Obrigado pelo carinho de sempre!

      Excluir
    2. Amores, eu não tenho culpa se vc tem talento.

      Excluir
  5. Gostei bastante desse primeiro capítulo. Parabéns! Vou continuar acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me conte o que acha do desenrolar da história. Muito obrigado! 😘🙏🏻

      Excluir

Tecnologia do Blogger.