Crítica | Rico em conteúdo, Conversa com Bial é um programa para quem quer ficar mais inteligente


Texto escrito por MARCOS PITTA

Um programa para quem gosta de conversa” assim é definido por Pedro Bial seu novo programa na Rede Globo, o Conversa com Bial. Realmente, a definição do jornalista está corretíssima. Devo dizer que finalmente Bial está no lugar certo. O fato é que sempre o achei grande demais para ficar no comando de uma atração como o Big Brother Brasil, não desmerecendo o programa, até porque assisto, mas pelo fato de que Pedro Bial é sério, tem cara de estar à frente de um programa que proporcione debates, críticas, opiniões, como acontecia com o Na Moral programa que a Rede Globo exibia e que era apresentado por ele, rendendo assim assuntos interessantíssimos.

Voltando para o novo programa, o formato não apresenta nada de novidade. O cenário remete a outros talks shows que vemos por ai em diversos canais, mas o que realmente importa é o conteúdo. Bial até tenta ser mais leve, mais brincalhão, trazer um pouco mais de leveza ao programa, mas no final, o telespectador desliga a televisão com a cabeça cheia de conhecimentos e agradecendo pela boa conversa.

No primeiro programa, o jornalista recebeu a ministra Carmen Lúcia e, discutiu com ela o cenário atual do Brasil dentre outras coisas e, o público pode conhecer um lado mais dinâmico desta mulher que muito faz para este país. Com o passar dos programas, nomes como Rita Lee, Karol Conká, Maiara e Maraisa, Padre Fábio de Melo, Ayres Britto, Augusto Cury, entre outros passaram pelo sofá do programa em assuntos que realmente é de extrema necessidade para o público.

Um programa como este, repleto de conteúdo eficaz, merece estar catalogado na televisão aberta, ou seja, toda pessoa que tem acesso a Rede Globo poderá ter acesso ao programa. Em média, são 40 minutos de duração por episódio, mas o debate é tão produtivo, os convidados são tão cheios de coisas para transmitir que o telespectador não percebe esse tempo passar.

É de programas assim que a televisão precisa. Um talk show descontraído, que aproveita desta descontração para transmitir assuntos sérios à sociedade. No programa exibido na noite de 24 de maio, Karol Conká marcou presença. Ao lado dela, Alexandra Loras que é ex-consulesa da França e também a cineasta Yasmín Thainá que falaram sobre o preconceito racial no Brasil e também sobre como elas estão encontrando caminhos para driblar isso e, cada vez mais, conquistar espaço na sociedade. A conversa com a francesa Alexandra, com certeza foi o ponto alto da noite, mulher espetacular, que você não cansa de ver e escutar, falou com representatividade, com sabedoria.

O programa em si, tem argumento. O apresentador é ótimo. Bial tem inteligência de sobra para conduzir qualquer assunto e consegue comandar com maestria o programa e trazer um leque muito diversificado de convidados para discutir temas que diz respeito a todos e que, principalmente, não se torna cansativo. Com certeza, quem assiste ao Conversa com Bial vai dormir mais inteligente e pronto para debater sobre os mais diversos e atuais assuntos.  

O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, logo após o Jornal da Globo.

Um comentário:

  1. Enfim, Pedro Bial voltando a exercer o seu posto fidedigno de jornalista, sem essa de "BBB" e tal coisa.. vi os primeiros programas e gostei bastante, sobretudo as entrevistas com Rita Lee e Carmem Lúcia. "Conversa com Bial" há de ter vida longa na Globo! Abraços Jurandir o/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.