Novela Escrita | Redescobrir - Capítulo 13



CENA 1 - INT. / APARTAMENTO DE THIAGO/SALA DE ESTAR - NOITE.

THIAGO chega e ISABELA sai do quarto apressada para recepcionar o pai.

ISABELA: Demorou! Estava onde?

THIAGO: Fui beber uma cerveja na lanchonete que abriu ali perto do colégio. E você? Aconteceu alguma coisa?

ISABELA: Não, porque? Aconteceu?

THIAGO: Você está estranha. Tem alguma coisa pra me falar?

ISABELA: Não. Talvez. Não sei.

THIAGO: Pode desembuchar. Desde a aula você estava de cochicho com o Rodrigo! O que está acontecendo?

ISABELA pega THIAGO pela mão e os dois se sentam. Ela começa a conversar com ele. Corta para:


CENA 2 - INT. / CASA DOS MARINHO/SALA DE ESTAR - NOITE.

SORAIA fica surpresa com o que ouve e senta no sofá. OTÁVIO senta ao lado da mulher.

SORAIA: Você vai me explicar o que está acontecendo? 

OTÁVIO: Eu ajudei a polícia a pegar todos os que estão envolvidos no esquema, servi como testemunha. O que eu pedi? Proteção! Enquanto eles armavam o bote, eu estava protegido. Por isso não pude falar nada, precisei sumir. 

SORAIA: Você está me dizendo que estão todos presos?

OTÁVIO: Sim, todos caíram. A polícia prendeu todos os envolvidos!

SORAIA: Pelo menos você fez algo de bom, né? O que você tinha na cabeça? Colocou a vida do Rodrigo em risco. 

OTÁVIO: Você acha que engana quem? Botei a sua vida em perigo né? Não venha fingir que se preocupa com alguém além de você, Soraia.

SORAIA: Você pode falar o que quiser, mas eu nunca pensei em fazer algo que pudesse prejudicar essa família. 

OTÁVIO: Família? Isso nunca foi uma família de verdade.

SORAIA: O que você está dizendo? Quem você pensa que é para sumir todo esse tempo e voltar falando essas coisas?

SORAIA se levanta e vai em direção a escada.

OTÁVIO: Eu quero que você saia dessa casa. Eu quero que você pegue as suas coisas e suma dessa casa o quanto antes.

SORAIA para no meio do caminho e vira para ele sem reação. Corta para:


CENA 3 - INT. / APARTAMENTO DE THIAGO/SALA DE ESTAR - NOITE.

THIAGO se levanta nervoso e bebe um pouco de água.

THIAGO: Você está me dizendo que ficou o dia inteiro com um garoto no seu quarto? E esse garoto veio de Curitiba por sua causa? E ainda por cima, ele é o garoto por quem você é apaixonada desde criança?

ISABELA (sem jeito): É!

THIAGO volta e senta ao lado dela.

THIAGO (cochichando): Vocês usaram camisinha?

ISABELA (completamente sem jeito): Pa... (pausa) Thiago! Eu não quero ter essa conversa agora e nem depois.

THIAGO: Volta um pouco a frase. Do que você ia me chamar?

RENAN sai do quarto sem jeito, interrompendo a conversa.

THIAGO: Então você é o tão falado Renan.

RENAN: Boa noite, seu Thiago.

Um aperta a mão do outro.

THIAGO: Quais as suas intenções com a garota? Sente aqui e vamos conversar.

RENAN senta no meio dos dois completamente sem jeito. ISABELA ri da situação.

ISABELA: Acho que a gente não precisa disso, né? A gente se conhece desde sempre, Thiago. Dormíamos na mesma cama, fazíamos tudo juntos. Aqui ninguém é irresponsável ou apressado. Pode ficar tranquilo!

RENAN: Pode ter certeza que as minhas intenções com a Isabela sempre foram as melhores. Sua filha é especial para mim desde o dia em que eu a conheci. 

THIAGO: O que a sua mãe falou dessa mudança?

RENAN: Ela me apoiou! Só quer que eu ligue pelo menos duas vezes na semana, mande mensagem todos os dias e continue sendo um bom aluno no colégio. Foi ela mesmo quem entrou em contato com a pensão que tem aqui no bairro.

THIAGO: Pensão? De jeito nenhum, rapaz. Você fica com a gente!

ISABELA/RENAN: Sério?

THIAGO: Vamos ter algumas regras, mas você vai poder ficar com a gente. Só vamos ter que nos espremer um pouquinho enquanto o apartamento não fica pronto.

ISABELA: Pronto? Como assim?

THIAGO: Antes mesmo de saber que tínhamos um novo integrante na família, eu estava juntando um dinheiro para comprar um apartamento maior. É algo que eu venho planejando muito antes, mas que só se concretizou depois que você veio morar comigo.

ISABELA e RENAN se abraçam comemorando o momento.

THIAGO: Êpa! Êpa! Êpa! Acho que não estou preparado para ver isso. Vou tomar banho! 

Ele se levanta para ir para o quarto.

THIAGO: E na hora de dormir, você pode ficar com o sofá.

RENAN: Pode deixar que eu entendi! Muito obrigado, seu Thiago. 

THIAGO: Se vamos morar juntos, só Thiago, por favor.

RENAN: Muito obrigado, Thiago!

THIAGO: Assim ficou melhor!

THIAGO entra no quarto. ISABELA e RENAN se beijam, comemorando a decisão de THIAGO. Corta para:


CENA 4 - INT. CASA DE DALVA - NOITE.

Em uma casa de apenas dois cômodos, muito velha, Norberto baleado entra. DALVA, uma mulher de uns 35 anos, se assusta.

DALVA: Norberto? O que você está fazendo aqui? Você não pode entrar assim, sem avisar. Quer me matar do coração?

NORBERTO: Você não está vendo que eu estou machucado? 

DALVA: O que você aprontou? Em que merda você se meteu para se lembrar da irmã?

NORBERTO: Eu preciso da sua ajuda! Eu preciso que você cuide do meu ferimento.

DALVA: Eu por um acaso tenho cara de médica? 

NORBERTO: Eu não posso dar as caras, Dalva. Você vai me ajudar ou vai me deixar assim? Você só precisa costurar o ferimento, a bala eu já tirei em um bar.

DALVA: Bar? Bala? No que você está metido, Norberto? Eu não quero polícia batendo na minha porta.

NORBERTO: Quanto antes você me ajudar, mais rápido eu sumo daqui.

DALVA: Eu vou ver o que eu tenho para costurar isso aí.

DALVA começa a procurar uma agulha. Corta para:


CENA 5 - EXT. / PRAIA DO GI - NOITE.

A música "Mesmo Sem Estar - Luan Santana part. Sandy" continua tocando. RODRIGO com os olhos cheios d'água acaricia o rosto de JONAS. RODRIGO e JONAS choram. 

RODRIGO: Porque tem que ser tão complicado? Porque a gente sente medo por ser assim? A gente não devia sentir medo por amar outra pessoa.

JONAS: Eu sei que pensar nisso nos faz temer tudo o que vem pela frente, mas eu acho que nem sempre é o que a gente imagina. Não adianta você se privar de ser quem é, por medo do que os outros vão falar. Aceita ficar comigo. Eu prometo estar do teu lado em todos os momentos que você precisar. Eu prometo te aceitar do jeitinho que você é. Eu prometo cuidar de você se você prometer cuidar de mim. 

Ambos se beijam como nunca haviam se beijado antes. Entregues ao sentimento que sentem um pelo outro. Corta para:


CENA 6 - INT. / CASA DOS MARINHO/SALA DE ESTAR - NOITE.

SORAIA volta e fica de frente para OTÁVIO.

SORAIA: O que você disse?

OTÁVIO: Eu não vou repetir, Soraia. Você não é surda!

SORAIA: Você não pode me mandar embora. Não pode me jogar na rua, eu sou sua mulher.

OTÁVIO pega o seu celular e começa a mostrar fotos dela entrando no apartamento de THIAGO.

OTÁVIO: Desculpe lhe informar, mas eu não sou o idiota que você acha que eu sou. Eu só estava esperando o momento certo. Fique tranquila, eu vou te dar uma quantia em dinheiro para te ajudar no início, mas é só.

SORAIA: Você não pode fazer isso comigo, Otávio. Você não pensa no Rodrigo? Você não pensa no nosso filho?

OTÁVIO: É por pensar nele que eu estou fazendo isso. E hoje, vou passar a noite em um hotel, amanhã após o almoço eu venho falar com o Rodrigo. Até o fim do dia quero você fora dessa casa.

SORAIA: Você vai se arrepender amargamente de estar fazendo isso comigo.

SORAIA sobe as escadas e vai para o quarto. Corta para:


CENA 7 - INT. / COLÉGIO DIAS GOMES/SALA DA DIRETORIA - DIA.

RENAN e THIAGO conversando com a diretora. RENAN aperta a mão da diretora. Corta para:


CENA 8 - INT. / COLÉGIO DIAS GOMES/PÁTIO - DIA.

THIAGO vai para a sala de professores e RENAN comemora com ISABELA. RODRIGO chega na escola e ISABELA vai até ele.

ISABELA: Onde você se meteu? Mandei mensagens para você ontem de noite e você não me respondeu.

RODRIGO: Fiz umas coisas ontem e acabei deixando o celular em casa, mas no final, ficou tudo bem. Fico feliz que tenha conseguido a vaga, Renan.

RENAN: Obrigado!

ISABELA: Que coisas?

RODRIGO: Coisas das quais não me orgulho, mas o que eu quero falar agora é sobre outra coisa.

ISABELA: Conheço essa cara, pode falar logo e parar de joguinho comigo.

RODRIGO: Não aqui, vamos em um lugar mais reservado. 

RENAN: Vocês querem conversar sozinhos? Eu posso esperar.

RODRIGO: Não. Você pode vir também!

Os três vão até a parte de trás do colégio e se sentam no chão.

ISABELA: Fala logo!

RODRIGO: Ontem eu e o Jonas conversamos. O que eu falar aqui, espero que não mude nada na nossa amizade.

ISABELA (empolgada): Vocês se resolveram? Se entenderam?

RODRIGO: An? Como...

ISABELA: Você não tem que sentir medo se alguém vai aceitar ou não, você só tem que ser você. E como foi?

RODRIGO: Obrigado! Você se tornou uma pessoa essencial na minha vida, Isabela. Ouvir isso de você, me deixa feliz. E aliviado.

RENAN: E da minha parte, não tem nenhum problema não. Pelo pouco que conheço você, sei que você é um rapaz bom e merece ser tão feliz quanto eu e a Isa.

RODRIGO: Obrigado! A gente ainda não vai falar nada com ninguém, vamos esperar um pouco. Hoje ele vai terminar com a Vanessa e depois de uns dias a gente vê o que faz.

ISABELA abraça o amigo feliz. Corta para:


CENA 9 - INT. / COLÉGIO DIAS GOMES/PÁTIO - DIA.

VANESSA dá um tapa na cara de JONAS e todos no pátio observam a cena.

VANESSA: Você é igual todos os garotos. Eu não acredito que fui acreditar no seu papo durante tanto tempo! 

JONAS: Me desculpa, Vanessa. Eu só não acho que você mereça alguém como eu. É melhor você sofrer agora do que mais tarde. Você vai encontrar alguém de verdade!

VANESSA: Vai te catar com esse papo de bom moço. Você vai se arrepender e pedir para voltar, e eu vou ter o prazer de pisar em você.

JONAS: Era isso o que eu tinha pra falar. Fica bem!

JONAS deixa VANESSA falando sozinha. SABRINA vai até a amiga.

SABRINA: Eu ouvi tudo, amiga. Não fica assim, ele não te merece.

VANESSA: Como ele pode simplesmente terminar assim do nada? 

SABRINA: Daqui algumas semanas é a minha festa, pensa nisso. 

VANESSA: Você acha mesmo que eu estou pensando em festa? Enfim, ele vai se arrepender. Eu tenho certeza!

As duas vão para a sala de aula. Corta para:


CENA 10 - INT. / CASA DOS MARINHO/SALA DE ESTAR - DIA.

RODRIGO chega em casa e é surpreendido ao ver OTÁVIO.

RODRIGO: Pai? 

Os dois se abraçam. 

RODRIGO: Quando você chegou? Onde você estava?

OTÁVIO: É uma longa história que eu não pretendo te contar, meu filho. O pai cometeu um erro e teve que se afastar por um tempo. Mas agora estou de volta. E eu preciso conversar com você sobre a sua mãe.

RODRIGO: O que tem a mãe?

OTÁVIO: Eu pedi para ela sair dessa casa. Eu não quero mais ela vivendo com a gente.

RODRIGO: Mas para onde ela vai? Ela não tem ninguém!

OTÁVIO: Eu vou ajuda-la, não vou deixar ela desamparada. Mas aqui eu não a quero mais!

RODRIGO: Eu não sei se estou sendo injusto, mas eu não estou triste com essa notícia. 

SORAIA desce as escadas com as malas.

SORAIA: Bom saber que você também quer me ver pelas costas, filho ingrato.

RODRIGO: Não é isso, mãe. Só acho que vocês não devem continuar mantendo um casamento de aparência. Talvez seja melhor assim!

SORAIA: Vocês vão se arrepender de estarem fazendo isso comigo. Escrevam aí! 

Um carro buzina na rua e ela vai em direção à porta.

SORAIA: Meu táxi chegou. Adeus!

Ela sai sem olhar para trás. Corta para:


CENA 11 - INT. / CASA DE DALVA - DIA.

SEMANAS DEPOIS

NORBERTO sem camiseta conferindo a cicatrização do seu ferimento. Ele coloca a camiseta e vai até DALVA.

NORBERTO: Parece que você vai se livrar de mim, maninha.

DALVA: O que você vai fazer agora?

NORBERTO: Não tenho muito o que fazer, você sabe! Minha cara está estampada nos jornais, internet... não vai demorar para eu ser pego.

DALVA: Mas também, olha no que você foi se meter.

NORBERTO: Se não fosse aquele cara, tudo estaria ótimo.

DALVA: Esquece isso, irmão. Você pode ficar aqui enquanto pode. Aproveita esses dias em liberdade antes que algo pior aconteça.

NORBERTO: Me desculpe, mas eu tenho uma dívida para cobrar.

Foca no rosto de NORBERTO. Corta para:

FIM DO CAPÍTULO 13

Curtiram o capítulo? Deixe sua opinião nos comentários, ou em uma mensagem privada, temos também twitterfacebook... um escritor não é nada sem os leitores. Sua opinião é importante!


5 comentários:

  1. To só esperando o caminhar da situação da Soraia

    ResponderExcluir
  2. Jodrigo finalmente se entenderam ou é só no último capítulo? Tive a impressão de que ficou algo subentendido ali. Ainda bem que Isabela e Renan não são homofóbicos e vão continuar sendo amigos de Rodrigo. Soraia expulsa de casa. Bem feito! E agora Norberto vai atrás de Otávio. O que será que vai acontecer? Adorei esse capítulo. Reta final empolgante. Que pena que faltam só 2 capítulos pra terminar! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jodrigo se entenderam, mas no próximo capítulo Rodrigo vai tomar atitude que vai surpreender todos. Fortes emoções nos próximos capítulos, aguarde! E relaxa, próxima temporada ainda terá Rodrigo, Jonas, Isabela e Renan - e boatos que Vitor, o garoto do luau, vai voltar.

      Excluir
  3. Feliz pelo Jonas e Rodrigo. Mas apreensivo pela vingança de Noberto e Soraia.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.