Papo Reto com Marcos Pitta | Casal de protagonistas são o maior equívoco de Pega Pega


Pega Pega já está no ar há algumas semanas e o casal de protagonistas interpretados por Mateus Solano e Camila Queiroz simplesmente não mostraram química juntos. Mateus está ótimo como Eric, e Camila está bem como Luiza, mas quando os dois entram em cenas juntos, nada segura a chatice da trama.

Em contrapartida, Vanessa Giácomo e Thiago Martins já são os grandes donos da novela. O casal emplacou e, até o ciúmes de Domenico com a parceira de trabalho está bom de se ver. Marcos Veras está se mostrando um bom ator.

Vem coisa boa por ai

A Globo deu início as gravações de uma nova série com previsão de estreia para 2018. O título é Cidade Proibida e vai ser protagonizada por Vladmir Brichta. Além dele, nomes como Giovanna Antonelli, Regiane Alves, Claudia Abreu, Adriana Lessa, Ailton Graça, Sônia Braga, Andréa Beltrão, Mariana Ximenes, entre outros. A coisa parece que vai ser boa.

Por falar em série

Nesta semana, ocupando o lugar de Vade Retro, estreia a série A Fórmula, protagonizada por Drica Moraes e Fábio Assunção. No novo seriado, Drica será uma cientista que descobre uma fórmula que a faz voltar a ter a aparência de quando era jovem. Para esta fase, a atriz Luiza Arraes foi convidada. Pelo que se pode ver na apresentação especial disponível no Globo Play, a série tem tudo para ser sucesso. Claudia Raia também estará no elenco.

A polêmica do SBT ainda rende

Continuam rendendo os comentários sobre o fato ocorrido no Programa Silvio Santos entre Dudu Camargo e Maisa Silva. Para falar a verdade, isso já passou dos limites. Dudu Camargo nem deveria estar no ar. O jovem não é jornalista e comanda uma atração do gênero, além de tudo não tem graça nenhuma e, como a própria Maisa disse, “é todo engessado”.

O SBT erra feio quando o assunto é jornalismo. Mandar embora uma profissional do calibri de Joyce Ribeiro e manter um apresentador fajuto como Dudu Camargo, na boa, não merece respeito. Cadê a credibilidade?

Forró X Sertanejo

Alguns comentários surgiram nas redes sócias no último mês depois que Elba Ramalho desabafou dizendo que acha um absurdo as festas juninas contarem com presença de cantores sertanejos. Elba tem razão quando diz que no calendário é necessário ter mais artistas do gênero que combine com esta época do ano, mas foi infeliz em seu comentário. Não é assim que se resolve as coisas.

O sertanejo é um dos gêneros mais ouvidos na atualidade, é um sucesso atrás do outro, e até então, todas as festas juninas que vimos, com música sertaneja está cheio de gente. Claro que se deve manter a cultura. O forró é uma coisa linda, maravilhosa. Os cantores deste gênero merecem para sempre todo o respeito e admiração do mundo, mas como disse Marília Mendonça em resposta a Elba, o povo gosta de música boa, independente se é sertanejo, forró, funk ou pagode.

Globo Play com novidades

A plataforma digital da Rede Globo, Globo Play está com novidades. A emissora disponibilizou um leque de séries e minisséries em formatos de telefilmes com duração entre de uma a duas horas. Entre os títulos estão: O Canto da Sereia, Presença de Anita, Hoje é Dia de Maria, A Teia, entre outros. No mesmo formato que fizeram no especial Luz, Câmera, 50 anos.


O lado péssimo disso é que estou na Argentina, e esses telefilmes não estão disponíveis para minha região. O mesmo acontece com programas como Big Brother Brasil e The Voice. Um erro e tanto da Globo. Não importa se estou no Brasil, na Argentina ou no fim do mundo. Se eu pago, eu quero ver tudo o que tem lá. Não é mesmo?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.