Crítica | Sem Claudia Leitte, The Voice Brasil tem estreia monótona


A estreia da nova temporada de The Voice Brasil estreou na última quinta e foi cercada de expectativa por parte do público que aguardava a estreia de Ivete Sangalo na versão adulta do programa. Mas a verdade é que nem a presença carismática da cantora salvou o programa de uma estreia bem fria.

A produção até tentou dar alguma emoção com algumas histórias tristes, mas a verdade é que os candidatos também não eram tão carismáticos como nomes de temporadas anteriores. Mas ainda acho que o problema maior não foram os candidatos, mas sim o mais do mesmo entre os jurados - mesmo tendo Ivete como notava.

Em temporadas anteriores tínhamos Claudia Leitte que apesar da pegação no pé por parte do público, deixou sua marca no programa. Mas dessa vez nem isso tivemos, já que a mesma não está mais no time. Se mudaram uma, porque talvez não arriscar e mudar todos? Quem ainda aguenta Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló? São sempre as mesmas justificativas. E é sempre a mesma cara de paisagem quando não viram e são só elogios ao cantor que se apresentou.

Enfim, Ivete Sangalo soma muito para o time, ela é uma cantora maravilhosa, humilde e dona de uma simpatia que conquista o mundo inteiro. Por tanto, ainda acho que o seu lugar é no The Voice Kids, um programa movido pela emoção de verdade.

Vamos ver se o restante da temporada vai tirar a má impressão dessa estreia.

Um comentário:

  1. Não acompanhei muito a estreia, é esperar pra ver se Ivete Sangalo agrada como jurada para os adultos. E isso que agora está grávida novamente, agora de gêmeas! Abraços Jurandir!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.