Novela Escrita | O Preço da Verdade - Capítulo 01


CENA 1 - INT. / CENTRO MÉDICO UNIDOS PELA VIDA/SALA DE FABIO - DIA. 

QUINZE ANOS ANTES
 
FABIO está com VINÍCIUS, seu filho de quinze anos, na sala do hospital quando EDGAR entra. 

EDGAR: Aconteceu alguma coisa? 

FABIO: Eu vou precisar levar o Vinícius em casa e preciso que você assuma a minha cirurgia que estava marcada para às 18 horas.

EDGAR: O que você aprontou, hein? Conta para o tio!

VINÍCIUS: Eu não fiz nada. É que as vezes eu acho que o Fabio para pra pensar e acaba ficando com o peso na consciência de nunca estar presente. E ele acaba tentando se aproximar nas piores horas...

FABIO: Olha como você fala rapaz. Se eu não sou mais presente, é porque eu dei a minha vida para construir esse hospital para você.

VINÍCIUS: Pra mim? Você já parou pra pensar no que eu quero? Eu quero ser livre! Não quero viver em uma prisão como essa.

FABIO: O que você sabe da vida? Você só tem quinze anos. O meu problema foi ter dado tudo pra você. Tudo. Menos limites.

EDGAR: Vamos parar de brigar? Vinícius, você precisa entender que o seu pai te ama e tudo o que ele faz é pra você.

VINÍCIUS (se levantando da cadeira): Eu vou esperar no carro.

FABIO: Volte aqui que a gente ainda não terminou.

VINÍCIUS não volta e sai da sala. FABIO pega alguns documentos e coloca em uma pasta.

FABIO: Qualquer coisa é só me ligar que eu volto. 

EDGAR: Boa sorte irmão.

FABIO: Obrigado, agora pode sair que eu vou fechar a sala. Ou você achou que eu te daria esse gostinho de sentar na minha cadeira?

EDGAR: Não... eu... já estava de saída!

EDGAR sai e FABIO tranca a porta. Corta para:

CENA 2 - INT. / CENTRO MÉDICO UNIDOS PELA VIDA/BANHEIRO - DIA.

EDGAR entra no banheiro com raiva e pega seu celular. 

EDGAR: Ele está saindo! Você entendeu né? Dessa vez você não pode deixar passar. Dessa vez não pode ter nenhum erro. Ou então quem vai partir dessa pra melhor é você. Que bom que entendeu!

EDGAR desliga o celular.

EDGAR (falando sozinho): Trancar a porta não vai me impedir de assumir esse hospital que devia ser meu desde o início. Tenha uma boa morte!

EDGAR sorri para si mesmo se olhando no espelho. Corta para:

CENA 3 - EXT. / SAÍDA DO CENTRO MÉDICO UNIDOS PELA VIDA/CARRO DE FABIO - DIA.

Esperando o movimento cessar, FABIO espera para arrancar com o carro. VINÍCIUS no carona sem falar nada e FABIO liga o rádio. 

FABIO: Quer passar em algum lugar?

VINÍCIUS: Quero ir pra casa!

FABIO: Se quiser eu te levo na Luíza um pouco, quer? Quem sabe ela coloque algo de bom na sua cabecinha oca.

VINÍCIUS: Eu quero ir para casa. Entendeu agora?

No momento em que ele vai arrancar com o carro, dois homens de capuz e armados entram pela porta de trás e apontam a arma para a cabeça de FABIO. VINÍCIUS fica em choque.

FABIO: Calma, por favor. Deixe meu filho sair, levem o que quiserem. Só deixa meu filho sair.

HOMEM 1: Acelera e vai aonde eu mandar. 

FABIO: Por favor deixa meu filho sair! Por favor!

HOMEM 2 aponta a arma para VINÍCIUS que começa a chorar e olha para seu pai desesperado.

HOMEM 2: Cala a boca e acelera. É 'nós' que vamos dar as coordenadas, entendeu? Então acelera ou eu vou meter bala na cabeça do moleque. 
FABIO: Pelo amor de Deus... eu vou acelerar! Só não fazem nada com o meu filho, por favor.
FABIO começa a dirigir desesperado. Corta para:

CENA 4 -  INT. / CENTRO MÉDICO UNIDOS PELA VIDA/SALA VAZIA - DIA.

MADALENA termina de se vestir e EDGAR coloca os sapatos.

MADALENA: O que você tinha hoje?

EDGAR: Além de vontade de você meu amor? 

MADALENA: Sim, além de vontade de mim.

Os dois se beijam.

EDGAR: Só posso dizer que as coisas estão melhorando para mim. Por enquanto só isso que eu posso falar. E eu queria muito te convidar pra dormir hoje comigo. Vamos? A gente vai para um hotel, pedimos algo para comer, uma bebida pra brindar.

MADALENA: Você sabe que eu não posso deixar minha menina sozinha com o pai dela. Ela não é mais uma criança, já entende as coisas.

EDGAR: Aquele paspalho do seu marido nem vai sentir sua falta. Capaz de nem reparar que você dormiu fora.

MADALENA: Mas ela vai reparar. E é com ela que eu me preocupo! Eu fico te devendo essa... Aliás, e a Leonora? Ela surta se você não aparecer em casa.

EDGAR: Você sabe que eu só estou esperando a hora de casar com você né? A Leonora vai precisar entender isso. E também é só botar uma pensão na mão dela que ela não vai em incomodar.

MADALENA: Você acha que vai conseguir se livrar dela assim tão fácil? Tenho quase certeza que você está bem enganado!

EDGAR: Com a Leonora eu me entendo. Agora eu vou me preparar que tenho uma cirurgia do senhor meu irmão que fugiu do trabalho. Ser dono é fácil, quero ver é colocar a mão na massa...

EDGAR sai e MADALENA sai em seguida. Corta para:

CENA 5 - INT. / CASA DE EDGAR/JARDIM - DIA.

LEONORA penteando o cabelo de LUÍZA, sua filha de quatorze anos.

LUÍZA: Com quem você estava falando no celular mamãe? Parecia tão triste...

LEONORA: A mamãe precisou fazer uma coisa muito errada para ter seu pai de volta.

LUÍZA: Papai de volta? Ele foi embora?

LEONORA: Não... você ainda é muito nova para entender. Mas eu só quero que você aprenda uma coisa enquanto eu estou aqui, não importa o certo ou errado, o que importa é você defender com garras e dentes o que é seu. Não importa quem tenha que ficar pelo caminho.

LEONORA continua penteando o cabelo de LUÍZA. Corta para:

CENA 6 - EXT. / TERRENO ABANDONADO - NOITE.

O carro de FABIO estaciona e os homens mandam ele sair do carro.

HOMEM 1: Os dois saem!

FABIO: Levem o que quiserem. Levem o carro, só não fazem nada conosco. 

HOMEM 2 (grita): Para de resmungar como uma menina e sai do carro. Os dois!

FABIO e VINÍCIUS saem do carro. FABIO pega na mão de VINÍCIUS e olha para ele.

FABIO: Vai ficar tudo bem! Eles vão pegar o carro e...

Antes de FABIO terminar a frase, um dos homens atira três vezes contra o médico. VINÍCIUS fica em choque ao ver seu pai cair no chão. Corta para:

FIM DO CAPÍTULO 01

CURTIRAM O CAPÍTULO? COMENTE! SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE PARA O AUTOR.


4 comentários:

  1. Caraca!!! Um capítulo emocionante. Chorei no final com os tiros no Fabio. Vinícius terá que ser forte pra aguentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vem muito mais por aí! Feliz demais que gostou. \o/

      Excluir
  2. Que triste o final, ver o pai morrer bem na sua frente.
    Belo inicio de novela, que seja mais um sucesso, parabéns pelo ótimo capitulo de estreia, que venha mais capítulos maravilhosos! <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.